PAM: PLANO DE AUXÍLIO MÚTUO
 
 
História
No início do Polo Petroquímico do Grande ABC, cada empresa organizou individualmente a sua áreade saúde e segurança ocupacional, especialmente no tocante a combate a emergências, espelhando-se no que havia de mais moderno na então existente e tradicional Refinaria União (atual RECAP – Refinaria de Capuavada Petrobras), primeira empresa alocada nessa área.

A busca da troca de experiências e do compartilhamento de recursos, de modo a aperfeiçoar os atendimentos a eventuais emergências em qualquer uma das empresas do Polo Petroquímico, fez com que surgisse a ideia de se constituir um grupo, com o objetivo de estabelecer um plano de auxílio mútuo, que atuasse em casos de grandes emergências, apropriando recursos materiais e humanos dos envolvidos, constituindo-se, desse modo, força considerável para o controle de emergências. Além disso, também se pretendeu associar experiências e recursos para o estudo de problemas comuns, restrito ao campo da prevenção e combate a emergências. 

O grupo foi então informalmente constituído a partir de 1973, decorrente de decisão adotada pelo Grupo de Estudo de Higiene e Segurança das Indústrias Químicas e Petroquímicas (GEHSIQP), com a adesão de algumas das empresas e com a parceria e participação do 8º. Grupamento de Bombeiros, passando a ter a denominação de PAM - PLANO DE AUXÍLIO MÚTUO. 

O PAM foi oficialmente constituído em 8 de agosto de 1986, quando formalizando-se o seu “Estatuto”, congregou as seguintes empresas, assim denominadas naquela época: Poliolefinas, Petroquímica União, Unipar, Oxiteno, Capuava Carbonos, Polibrasil, Ultraquímica e Chevron, além da contínua parceria com o 8º. Grupamento de Bombeiros. 

Uma vez formalizado, foi constatada a necessidade de elaborar o seu “Procedimento Operacional” e a respectiva “Disciplina de Comunicação”, que também foram implementados nesse mesmo ano, para o atendimento racional e ordenado das emergências. 

A partir dessa data, o PAM passou também a desenvolver atividades de intercâmbio de experiências, padronização dos equipamentos, realização de treinamentos simulados de controle de emergências, envolvendo todas as equipes das empresas integrantes e do Corpo de Bombeiros, com a participação do pessoal de Atendimento Pré-Hospitalar e ambulâncias e transporte aos acidentados, entre outras atividades. Tudo, enfim, com vistas a um Plano de Auxílio Mútuo mais eficaz e eficiente. 

Em 1988, a Petrobras - Refinaria de Capuava incorporou-se formalmente ao Plano, com o objetivo de ampliar as atividades e a responsabilidade perante a Comunidade vizinha. 

Com isso, em 6 de setembro de 1995, em consonância com a Coordenadoria Regional de Defesa Civil, e através do Decreto 5.432 do município de Mauá, o PAM transforma-se em NUPDEC Capuava (Núcleo de Proteção e Defesa Civil de Capuava), desta forma consolidando-se em: PAM/NUPDEC Capuava (Plano de Auxílio Mútuo e Núcleo de Proteção e Defesa Civil de Capuava).

Como incorporações marcantes ao PAM/NUPDEC Capuava, também temos a Bandeirante/Resinor incorporada em 1996 e depois, em 2000, a Vitopel do Brasil.

Em 2004, com o objetivo de ampliar sua divulgação e fortificar a sua marca, o “PAM/NUPDEC Capuava” alterou seu nome para “PAM/NUPDEC Polo Petroquímico do Grande ABC”, após aprovação dos executivos e representantes técnicos das empresas participantes.

Em 2011, o SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Mauá integrou-se ao grupo, trazendo conhecimentos, treinamentos e participando dos simulados.

Em 2013, a empresa SuatransCotectambém iniciou a sua participaçãono grupocolaborando com suas experiências e informações especializadas.

Ao longo do tempo, oestatuto da instituição sofreu diversas revisões, sendo a última realizada em 2013, que é a versão utilizada atualmente.

Em 2015, a empresa Akzo Nobel juntou-se ao grupo e neste mesmo ano também foi criado o COFIP ABC do qual o PAM/NUPDEC tornou-se parte integrante.

Estrutura
O PAM conta com um número considerável de viaturas e brigadistas treinados, além de materiais e equipamentos conforme descriminado em seu estatuto, além dos recursos materiais e humanos do 8º. Grupamento de Bombeiros, que complementam a estrutura disponível para atendimentos realizados pelo PAM. Em reforço a isso, há também um sistema integrado de comunicação, tanto entre as empresas como também com o Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Durante a sua existência, o PAM vem desenvolvendo uma série de atividades conjuntas, estabelecendo estreito contato de parceria entre as equipes de emergência das empresas, o NUPDEC e os profissionais do Corpo de Bombeiros. 

Estabeleceram-se vias internas, bem sinalizadas, interligando as diversas unidades industriais do Polo, que propiciamrapidez em casos de emergências, bem como múltipla opção de acesso.

A avaliação técnica de equipamentos e produtos de combate a incêndio tem sido efetuada pelo grupo, que já se constitui na área em considerável elemento de influência sobre os fabricantes quanto às exigências de qualidade técnica.

Alem disso, reuniões mensais, simulados de emergência entre as empresas, simulado anual com a participação da comunidade, auditoria nas empresas, troca de experiências e testes diário do sistema de comunicação (rádio), são as atividades permanentes do grupo, entre outras.  

Composição
Atualmente o PAM/NUPDEC Polo Petroquímico do Grande ABC é composto pelas seguintes empresas e instituições:

- 8º Grupamento de Bombeiros do Corpo de Bombeiros de São Paulo;
- Akzo Nobel – Mauá;
- Bandeirante Química;
- Braskem UNIB 3 ABC;
- Braskem PP4 ABC;
- Braskem PE7ABC;
- Cabot do Brasil;
- Chevron Oronite Brasil;
- Defesa Civil de Mauá;
- Defesa Civil de Santo André;
- Defesa Civil de Ribeirão Pires (Convidada);
- Oxiteno SA – Unidades Petroquímica e Química;
- RECAP – Petrobras;
- Suatrans Cotec; 
- Vitopel do Brasil;
- SAMU – Mauá;
- SAMU – Santo André.
 
 

Ao cadastrar seu e-mail, você fará parte
da agenda de contatos do COFIP ABC, e
poderá receber informações do Polo
Industrial do Grande ABC, convite para
eventos ou participar de pesquisas.
Contato: (11) 4548.4333 contato@cofipabc.com.br
Rua do Comércio, 21 | - Centro
1° andar | Salas 102/103
Mauá Office Center, anexo ao Mauá Plaza Shopping
CEP 09390-015 | Mauá - SP

Copyright 2015 por COFIPABC
CADASTRO
 
 JIJOIJ